A adaptação na educação inclusiva: Conhecendo o ambiente

Fabiana Leme de Oliveira 

Você já pensou como é importante que o aluno com deficiência, o aluno com transtorno do espectro autista conheça o ambiente onde irá estudar?

Quais são as estratégias que podemos utilizar para auxiliar neste momento e facilitar a inclusão desta aluno?

Acompanhe neste artigo e no vídeo abaixo, orientações importantes para auxiliar neste momento inicial do processo inclusivo, mas que tem um grande impacto (positivo ou não) na inclusão efetiva de seus aluno, de sua aluna.


Antecipação: Apresente os espaços da escola antecipadamente. Leve o aluno, a aluna pelos espaços da escola apresentando todos os espaços que serão utilizados pela turma.

Este momento deve ser realizado pelo professor, ou professora que atuará com o aluno, pois, já se estabelece o início de vínculos, que são muito importantes no desenvolvimento do processo de ensino e aprendizagem e este profissional já poderá observar características que farão parte de sua avaliação inicial, contribuindo com seu planejamento;

Fique atento às necessidades individuais deste aluno, desta aluna. Se ele apresentar uma deficiência visual, por exemplo, realize esta apresentação dos espaços enfatizando sua localização, ampliando assim sua autonomia. No caso de alunos com cegueira é possível instalar pistas táteis nos espaços escolares, deixando as informações mais acessíveis. 

6 imagens de espaços escolares no PECS
6 imagens de espaços escolares no PECS

Caso o aluno, a aluna tenha deficiência auditiva, oferece pistas visuais para sua localização pelos espaços escolares;

Alguns alunos com deficiência física ou com transtorno do espectro autista necessitam utilizar comunicação alternativa, com cartões por exemplo. Prepare estes cartões com fotos dos espaços ou com figuras ilustrativas para que o aluno tenha a disposição e possa se comunicar e localizar-se mais facilmente.

tampinhas de garrafa coladas na parede
tampinhas de garrafa coladas na parede

Estas orientações auxiliaram você de alguma forma? Você tem alguma dúvida ou sugestão de temas? 

Aproveite e escreva aqui nos comentários.

Compartilhe essa informação com mais pessoas, vamos ajudar a educação de nossos alunos, ser cada dia mais inclusiva.