Como avaliar alunos que ainda não falam?

Fabiana Leme de Oliveira 

Nos anos iniciais da escolaridade é possível que na sala de aula hajam alunos, acima de três anos, que ainda não desenvolveram a fala ou apresentem muitas trocas, que compromete o entendimento do que eles tentam expressar.

Nestes momentos o professor, a professora da sala enfrenta dificuldades em avaliar quais conhecimentos este aluno, esta aluna apresenta dificultando o planejamento de atividades estimulantes e desafiadoras de acordo com as habilidades já adquiridas. Veja essa dica abaixo, uma  atividade com um aluno com transtorno do espectro do autismo de 6 anos, que não senta na mesa, não fala, não demonstra intenção comunicativa:


Dica: Utilize objetos concretos para avaliar conceitos básicos, tais como: pequeno/grande; dentro/fora; pareamento por cores; igual/diferente; 

Nesse momento seu objetivo é verificar se a criança já compreende o que lhe é dito, se reproduz modelo e se tem intenção comunicativa, se tenta expressar-se sobre o assunto, sobre a atividade;


Comece com a vivência com objetos concretos, nomeando-os junto à criança.

Realize algumas demonstrações enfatizando os conceitos que deseja avaliar: 

O cachorro está dentro do balde, O cachorro está em cima do balde. Ainda com os objetos concretos.


Você pode tirar fotos e imprimir em cartões e avaliar se a criança responde a atividade além dos objetos concretos, realizando a atividades mais dirigidas no papel;

Aproveite estas ideias e adapte para sua realidade, para seus objetivos de avaliação. Se tiver dúvidas aproveite e comente este post.