Estimule [#emcasa] a coordenação motora de crianças com deficiência ou autismo

Vamos estimular nossos pequenos? 
Mas primeiro precisamos entender o que é coordenação motora ampla e porque é tão importante ser estimulada.

Coordenação motora ampla

Entendemos como coordenação motora ampla (e/ou global e/ou ainda grossa) os movimentos que fazemos amplamente, usando vários músculos, seja dos braços, pernas e até mesmo todo o corpo, como andar, correr, pular, dançar...

As crianças pequenas vivenciam novas experiências pelo corpo, assim conseguem aprender explorando o que está em sua volta, este estimulo também é importante para ter auto controle e autoconhecimento, perceber suas limitações e possibilidades corporais.


Por que incluir atividades que estimulam a coordenação motora ampla na rotina em casa?

Imagem: positivo
Imagem: positivo

Estimular a coordenação motora ampla, além de auxiliar no desenvolvimento motor e intelectual também auxilia na estruturação da personalidade das crianças, pois podem expressar seus desejos, desenvolver suas necessidades e trabalhar suas dificuldades.

A melhor maneira de estimular o desenvolvimento motor é BRINCANDO.  

Sim, quando brinca, a criança expressa sentimentos, necessidades e constrói o seu mundo, a sua aprendizagem com suas referências vividas.

Na rotina em casa, inclua  atividades de coordenação motora diariamente. 

Sempre que necessário dê o exemplo, faça o movimento junto com a criança, até que ela consiga realizar sozinha.


Vamos brincar e aprender?

Ilustração
Ilustração

Para estas atividades ficarem mais divertidas, você pode montar um quadro de competições, pontuando cada atividade realizada e no final pode ter premiações com medalhas, figurinhas especiais, um certificado de vencedor feito em casa mesmo, mas cheio de significado para os pequenos.

Estimulando o controle da força e o senso de direção: Bola ao cesto. 

Imagem: 2 tipos de balde e 5 bolas feitas com meias
Imagem: 2 tipos de balde e 5 bolas feitas com meias

Arremessar a bola ao cesto, alterando a distância e a altura do cesto. 

Assim a criança consegue perceber e administrar a força e direção que precisa fazer ao arremessar. 

Pode fazer bolas com meias e o cesto com baldes de diferentes tamanhos.

Para aumentar a altura coloca-se o balde sobre caixas, bancos ou prateleiras.

=================================================================================

DICA EXTRA: Que tal aproveitar a brincadeira para estimular a contagem?  Vamos contar quantas bolas cada uma acertou e marcar os pontos?
No final você pode somar os pontos de todos para ver quem ganhou! Se a criança ainda não conhecer números, você pode representar os pontos com risquinhos ou bolinhas.
=================================================================================

Inscreva-se no INCLUzap
Inscreva-se no INCLUzap

Você sabia que você pode participar GRATUITAMENTE do INCLUzap? 
E receber dicas e orientações que vão auxiliar muito o seu dia a dia. 
Para participar mande uma mensagem para:

(11) 95956-5945


Desafiando o controle da distância, força e precisão: Passa a passa com bexiga

Imagem de bexigas cheias de água
Imagem de bexigas cheias de água

 Encher a bexiga com água e posicionar a criança, marcar certa distância (apropriada as condições de cada um) e passar a bexiga de um para o outro sem deixar a bexiga cair no chão. 

Além de perceber a força e direção, precisará também de estratégia para segurar a bexiga sem deixar cair.

========================================================================================
SUPER DICA:  Que tal aproveitar a brincadeira para treinar o alfabeto?
A cada vez que a bexiga é jogada "cante" as letras do alfabeto na sequência: A, B, C, D ... 
Se a criança já estiver em fase de alfabetização você pode pedir que ela fale um palavra com uma determinada letra, quando a bexiga cair no chão. 
========================================================================================


Estimulando 0 Equilíbrio e a flexibilidade: O Mestre mandou.  

Usar um objeto que pode ser o estojo escolar ou um brinquedo de pelúcia pequeno e dar comandas diversas para que a criança equilibre o objeto no corpo, como: 

  • O mestre mandou equilibrar a canetinha no pé
  • O mestre mandou equilibrar a canetinha na cabeça
  • O mestre mandou equilibrar o ursinho no ombro
  • O mestre mandou segurar  a boneca só com os joelhos
  • O mestre mandou equilibrar a boneca nas costas

=======================================================================
SUPER DESAFIO: Para deixar mais estimulante, ligue o cronômetro (pode ser no celular) e marque o tempo que a criança conseguiu equilibrar o objeto que o "mestre mandou". 

Quem será que conseguirá o maior tempo?
=========================================================================

Profª Ariane Vitoriano

Pedagoga com habilitação em Deficiência Intelectual
Especialização em Psicopedagogia

Profª Fabiana Leme

Pedagoga com habilitação em Deficiência Intelectual e Auditiva

Especialização em Acessibilidade


Nos conte mais sobre seu dia a dia:

Como está sendo realizar as atividades em casa com as crianças com deficiência ou com autismo?

Quais são as suas dúvidas?

Quais estratégias você tem utilizado para fazer as atividades com seu filho, com sua filha?