Dificuldade ou Transtorno de Aprendizagem?

11/12/2020

Fabiana Leme de Oliveira

Caderno e duas canetas sobre a mesa com a inscrição: Dificuldade de aprendizagem? Transtorno de Aprendizagem? Deficiência Intelectual?
Caderno e duas canetas sobre a mesa com a inscrição: Dificuldade de aprendizagem? Transtorno de Aprendizagem? Deficiência Intelectual?

Quando um aluno ou aluna apresentam algumas dificuldades na aprendizagem, pais e educadores enfrentam muitas dúvidas sobre quais seriam as reais causas que estão afetando o desenvolvimento esperado.

Normalmente é na escola, principalmente nas séries iniciais, que os professores e professoras começam a observar que o processo de aprendizagem não está acontecendo como o planejado ou que enfrenta maiores dificuldades para se estabelecer.

Nosso propósito nesse artigo, não é discutir os padrões de diagnóstico, de testes ou as principais etapas que os profissionais clínicos precisam seguir para compreender essas questões de forma mais ampla.

Nosso objetivo é refletir junto com educadores e familiares e orientar a observação inicial, tão importante para um correto diagnóstico e orientar os próximos passos.

O papel dos professores e familiares

As primeiras pessoas que convivem e acompanham o desenvolvimento das crianças são seus familiares e seus professores e professoras.

As primeiras interações, o desenvolvimento geral das habilidades escolares, da fala e da coordenação motora sempre estão em nossos roteiros de observação.

Mas quando observamos alguns atrasos nesse processo buscamos formas de estimular e auxiliar a criança para desenvolver toda sua potencialidade.

Nesse momento podemos ter algumas dúvidas sobre quais são as diferenças entre dificuldades de aprendizagem, transtornos de aprendizagem e até deficiência intelectual? 

Ter informações sobre esse tema é muito importante, por isso  veja no vídeo abaixo uma aula que preparei para você com esse tema:

A escola não deve orientar sua prática pensando em rótulos tais como: dislexia, transtornos de aprendizagem, deficiência intelectual, mas sim traçar estratégias individualizadas de observação e intervenção qualificada com cada aluno para que avancem;

Passo a passo - observação e intervenção

O que fazer para observar as dificuldades do meu aluno? 

Vamos sugerir uma sequência de ações para que você possa conhecer mais as habilidades e dificuldades de seus alunos e poder intervir de forma qualificada, colaborando com o desenvolvimento de sua aprendizagem.

Ilustração: peças de quebra cabeça e lápis coloridos
Ilustração: peças de quebra cabeça e lápis coloridos

1º - Diversifique as formas de avaliação 

Ao observar dificuldades significativas em seus alunos, diversifique as formas de avaliação: modifique as estratégias, a metodologia e os recursos. Temos algumas sugestões aqui no INCLUblog, veja em: Avaliação e sondagem na Educação Inclusiva [clique]

Também é importante inteirar-se de relatórios dos profissionais anteriores, converse com a família e realize um levantamento inicial se essa questão já havia aparecido, se precisar de um roteiro veja o artigo: Roteiro para conversar com a família [clique].

2º - Estabeleça parcerias, busque orientação

Após a avaliação mais ampla, é muito importante estudar o caso para pensar em um planejamento focado para superar as dificuldades observadas.

Busque apoio junto a sua equipe escolar, principalmente junto ao coordenador pedagógico, responsável pelo suporte ao professor nas questões de ensino e aprendizagem.

Curso: Deficiência Intelectual - Práticas de Alfabetização

Oferta Especial de Lançamento Realize sua inscrição até o dia 08/05/21 e garanta 35% de desconto!! Através do link de pagamento, você poderá escolher boleto, cartão de crédito ou PIX  Para pagamento via boleto há o acréscimo de R$ 1,00 referente a taxa do PagSeguro. Para pagamentos com cartão de crédito até 3 vezes sem juros.

R$189,90 R$291,00

Atividades para estimulação: Crianças com deficiência ou autismo (15 horas)

Adquira o curso agora e veja como é fácil: Adicione o curso no carrinho; Preencha os dados pedidos e lembre-se de adicionar um celular com WhtatsApp para receber o curso; Aguarde uma mensagem de nossa equipe de suporte no celular informado; Assim que o pagamento for validado, você receberá a programação e todas as informações para aproveitar seu curso ao máximo. Pronto! Agora é estudar e tirar as dúvidas direto no Whatsapp com a professora da turma. Nosso curso começará assim que o pagamento for confirmado. Ótimo curso!!

R$79,90 R$139,90

Transtorno do Espectro Autista: Adaptação de Atividades nos anos iniciais

Adquira o curso e comece a receber suas aulas no seu WhatsApp: Adicione o curso no carrinho; Preencha os dados pedidos e lembre-se de adicionar um celular com WhtatsApp para receber o curso; Aguarde uma mensagem de nossa equipe de suporte no celular informado; Assim que o pagamento for validado, você receberá a programação de dias em que suas aulas serão encaminhadas; Pronto! Agora é estudar e tirar as dúvidas direto no Whatsapp da professora. Ótimo curso!!

R$97,00 R$160,00

Como elaborar o PDI - Plano de desenvolvimento individual do aluno

Adquira o curso e comece a receber suas aulas no seu WhatsApp: Adicione o curso no carrinho; Preencha os dados pedidos e lembre-se de adicionar um celular com WhtatsApp para receber o curso; Aguarde uma mensagem de nossa equipe de suporte no celular informado; Assim que o pagamento for validado, você receberá a programação de dias em que suas aulas serão encaminhadas; Pronto! Agora é estudar e tirar as dúvidas direto no Whatsapp da professora. Ótimo curso!!

R$59,90
    Ilustração: números de 1 ao 4 escritos em círculos coloridos com setas ligando uma curva ascente
    Ilustração: números de 1 ao 4 escritos em círculos coloridos com setas ligando uma curva ascente

    Estabeleça um Plano de ação

    Estabeleça um planejamento de metas [curtas e focadas] específicas para seu aluno ou aluna, nesse momento as metas precisam ser mensuráveis e com expectativa de prazos.

    Selecione estratégias de ensino adequadas aos objetivos que foram estabelecidos, sempre de acordo com o planejamento geral da turma, não isole o aluno ou aluna;

    Caso necessário proponha exercícios complementares ou aulas de reforço em conteúdos específicos; 

    Orientação e encaminhamentos clínicos

    A escola e a família devem trabalhar de forma colaborativa. 

    Quando houver necessidade de encaminhamentos para uma avaliação por profissionais clínicos, tais como neurologista, psicólogos, fonoaudiólogos entre outros é importante que o professor realize um relatório descritivo de suas observações, que vão complementar a avaliação do profissional e estabelecer já desde o início uma parceria fundamental no trabalho com o aluno ou aluna.

    Essas reflexões te ajudaram?

    Aproveite os comentários aqui abaixo e me conte se essas reflexões te auxiliaram, se vocês têm alguma dúvida ou se gostaria de discutir um outro tema.

    Também convido você a participar do nosso INCLUzap, o WhatsApp da Inclutopia, com conteúdo gratuito toda 3ª e 6ª feira, além de ser uma canal de comunicação para você me contar suas dúvidas e trazer sugestões. 
    Me mande uma mensagem para (11) 95956-5945, dizendo que deseja participar, te espero lá, 

    Fabiana Leme